Love...


 459800_3865795160870_1158249667_3553096_219953068_o_large


Amor é fogo que arde sem se ver;
É ferida que dói e não se sente;
É um contentamento descontente;
É dor que desatina sem doer;


É um não querer mais que bem querer;
É solitário andar por entre a gente;
É nunca contentar-se de contente;
É cuidar que se ganha em se perder;


É querer estar preso por vontade;
É servir a quem vence, o vencedor;
É ter com quem nos mata lealdade.


Mas como causar pode seu favor
Nos corações humanos amizade,
se tão contrário a si é o mesmo Amor?



O soneto 11 de Luiz Vaz de Camões





Oi meninas, espero que gostem.
Beijos
Geeh'

7 cupcakes, falta o seu:

Ana! disse...

AWWWWWWWWWN que lindo <3
Amei.

Beijos
Anne
meninasantenadas.tk

Jader Monteiro disse...

Nossa adorei o soneto!
Já tinha lido antes, mais gostei ainda mais de lê-lo aqui.. :)

Ah, têm resenha de livro lá no blog, estou esperando sua visita! :3
Jader Monteiro
http://cinco-datarde.blogspot.com.br/

Jussara Clarindo disse...

Olá passei para conhecer faz uma visita para mim e add e curti meu blog
bonequinhadepixe.blogspot.com
Dá uma espiada na loja
bonequinhadepixe.tanlup.com
Beijocas

Stella Valim disse...

Que lindo, adorei o poema.
Beijo
http://www.senhoritaliberdade.com/

Aline Emerick disse...

Nossa esse soneto é lindo!!!!!

Adoro!!!

http://thelovelily.blogspot.com.br/
seguindo!!

Gabi disse...

Adorei o soneto Gi, arassando como sempre.Voltei pra blogosfera!
bjs
amarrandocadarços.tk

Bruna Araújo disse...

Adorei o blog, muito lindo, amei tudo. Parabéns mesmo, vou sempre estar aqui (:

ontendency.blogspot.com